Frittata de Camarão

image

Frittata é um prato de origem italiana, que nada mais do que misturar os ovos junto dos demais ingredientes e assar numa caçarola. De onde eu venho, no Ceará, frittata se chama carinhosamente de malassada, e mesmo tendo esse nome característico, é feita da mesma forma. Nada mais é do que uma omelete em que se assa recheio e massa junto, sem fazer aquela omelete estilo crepe, que é mais comum. É o famoso tudo junto e misturado.

Frittata é bom porque é um prato rápido, leve e você pode aproveitar sobras que tenha na geladeira para deixar o recheio ainda mais caprichado. Comumente ela leva algum tipo de queijo, legumes, vegetais… e o que mais a criatividade permitir. Tem um tempo, ganhei uns camarões daqueles pequenininhos e ainda estava em dúvida sobre o que fazer com eles. Foi quando veio essa ideia da frittata/malassada. Na receita, um pouco de tudo e muitas especiarias para realçar o sabor e perfumar a receita. Comidinha prática para aqueles dias em que não temos muito tempo de fazer almoço. Ah, e dá pra fazer e deixar na geladeira. A receita rende entre 2 e 4 porções, depende do quanto seu apetite te diga para comer 🙂
image

Frittata de Camarão

Ingredientes:

4 ovos

1 xícara de camarões

1 cenoura pequena em cubos

1/2 pimentão

1/2 cebola roxa

2 colheres de sopa de ricota

1 colher de chá de fermento em pó químico

Pimenta do reino moída

Manjericão desidratado

Orégano

Alecrim

Sal

Alho

Azeite

image

Modo de Fazer:

1. Corte a cebola, o pimentão e a cenoura em cubinhos. Pique o alho na faca.

2. Numa frigideira antiaderente, coloque só um pinguinho de azeite e espalhe com um guardanapo de modo a untar toda a extensão da frigideira.

3. Refogue o alho picado, a cebola e o pimentão junto com os camarões. Coloque um pouquinho de água, só para que o camarão cozinhe levemente. Quando a água evaporar apague o fogo e reserve.

4. Numa tigela, com o garfo ou fouet, bata os ovos até que espumem bem. Misture a ricota e mexa bem. Acrescente a cenoura e refogado de camarão com cebola, pimentão e alho.

5. Adicione sal, pimenta, manjericão, alecrim e orégano a seu gosto.

6. Adicione o fermento e misture bem.

7. Aqueça a mesma frigideira em que você refogou os camarões e despeje a mistura.

8. Abaixe o fogo e tampe a frigideira para que a mistura cresça.

9. Vá checando o cozimento. Quando as bordas estiverem douradinhas e se soltando, e o meio estiver firme, sua frittata está pronta.

10. Retire da frigideira com o auxílio de uma espátula e é só comer 😉

image

Dicas Pra Lamber os Dedos:

1. Você pode fazer um molhinho com requeijão e catchup para colocar por cima.

2. Se você tiver e quiser, pode ainda acrescentar um pouco de brócolis e couve-flor na mistura da frittata.

3. Pode substituir a ricota por um queijo que você prefira. Pode ser por queijo de coalho ou por muçarela. Basta que você corte ou rale, para que os pedaços se espalhem pela massa.

4. Se quiser, você pode trocar os camarões por frango desfiado. Refoga do mesmo jeito e segue a sequência de montagem, Fica delícia!

5. Na geladeira, a frittata sobrevive bem por uns 3 dias na prateleira de cima. Então, rola ainda de preparar pensando naquela marmita esperta. Na hora de comer, micro por uns 30 segundos ou 1 minuto et voilà!!

6. O bom da frittata é que ela já vira uma refeição completa, a depender do que você use de recheio. Você pode ainda acompanhar com aquela bela salada ou mesmo o feijão com arroz de cada dia.

7. Amo essa receita pela praticidade, porque ovo é aquele alimento fast food. Quando nada mais existe, o ovo aparece pra salvar sua fome e o tanto de coisa possível é emocionante 😉

Anúncios

4 comentários sobre “Frittata de Camarão

  1. Se eu nao tiver fermento, vira um omelete? Omelete, fritatta, panqueca e crepe….poderia fazer uma postagem sobre as diferenças…pra mim acho que o que muda é a farinha e o fermento. Certo?

    • De certa maneira o que muda é a farinha e o fermento sim, além da concentração da massa, Luiz. Vou depois escrever sobre isso, é uma ótima sugestão. A massa de crepe, por exemplo, tende a ser mais líquida e o resultado é algo mais fininho. Já a massa de panqueca é mais grossinha e fofa, mesmo que não vá fermento. Já a diferença da omelete e da fritatta é que a omelete tem o recheio dentro e a fritatta mistura tudo. Basicamente são essas as diferenças 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s