Pesto de Manjericão e Hortelã

image

Se tem um molho que tem nome legal, esse molho é o pesto.  Ele é um molho originário da região de Gênova, na Itália. Ele é ótimo para ser usado em saladas e massas, mas super fica bom se você coloca no frango depois de grelhar (lembrei aqui e salivei!). Ele não tem segredo, não tem mistério. O nome do molho tem a ver com o seu modo de preparo em que as folhas e oleaginosas são batidas, amassadas ou maceradas. E isso me lembrar que eu ainda vou aprender italiano. Mas continuando com o que eu ia dizendo…
image

O melhor desse molho é que ele deixa qualquer macarrão com jeitinho gourmet, então dá pra fazer a linha refinada e impressionar os amigos, o boy ou a gatinha, a sua mãe, seu pai, enfim! Além de tudo isso, ele é um molho super saudável, só com gordura boa, ervas e oleaginosas. A mágica do pesto ainda fica melhor, pois ele é um molho que tem ótima durabilidade na geladeira, pode deixar ele lá por umas boas duas semanas (o meu nunca sobrou por mais tempo do que isso). E ele vai ficando ainda melhor com o passar do tempo.

Pesto de Majericão e Hortelã

Ingredientes:

1/2 xícara de azeite de oliva

1/2 xícara de folhas frescas de manjericão

1/2 xícara de folhas frescas de hortelã

1 dente de alho

1 colher de sopa de amêndoas (ou outra oleaginosa)

Modo de Fazer:

1. Lave bem as folhas de hortelã e manjericão.

2. Coloque todos os ingredientes num processador ou liquidificador e bata até misturar bem.

3. Prontinho 🙂

4. Guarde num potinho de vidro tampado na geladeira.

image

Dicas Pra Lamber os Dedos:

1. Você pode usar em massas, como eu fiz nas fotos desse post, fica muito bom.

2. Para finalizar, polvilhe parmesão ralado ou outro queijo de sua preferência.

3. Se não tiver as amêndoas ou castanhas ou qualquer oleaginosa, não precisa usar. Fica bom do mesmo jeito.

4. Você pode usar o molho frio ou levemente aquecido.

5. Usei manjericão e hortelã porque era o que eu tinha, mas já vi variações mil desse molho. Fica ótimo com manjericão e azeitonas, por exemplo. Tem gente que faz até com rúcula. Então, acredita no que tiver em casa e vai.

6. Se você não tem processa, liquidificador ou mixar, mas tem aquele pilão esperto, pode picar as folhas com uma faca e ir pilando elas, acrescentando o azeite aos poucos pra ir se misturando.

7. Quem for old school e for fazer no pilão, o truque pra esmigalhar as amêndoas mais facilmente é colocá-la num saquinho desses de freezer ou num paninho limpo e ir dando batidas com o cabo duma faca ou martelinho de carnes. Funciona 🙂

8. Experimenta usar esse molho na salada, fica bom demais e com aquele gostinho refrescante da hortelã. Curti demais e meu eleitorado aqui em casa também amou 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s