Iogurte Light Caseiro e Cremoso

image

Já deu para notar que iogurte tem sido um item queridinho na minha cozinha nos últimos tempos, não é mesmo? Acontece que não tem como não amar algo que é gostoso, que vira um ingrediente versátil para várias receitas (sim, ainda vai ter mais =] ) e que, ainda por cima, faz um bem danado para saúde. <3 É muito amor em um potinho, não é mesmo? E quando a gente mesma faz nosso iogurte? Aí é amor verdadeiro, amor eterno :)

Gosto um bocado de iogurte, e como já deve ter ficado claro, nada me emociona mais num mercado do que etiquetas de promoção em produtos que eu gosto. É tipo natal fora de época, é como se fosse feriado no meio da semana. Outro dia, além de fazer a louca dos farelos, eu fiz também a louca do iogurte e as imagens podem provar. Porque iogurte é bom, mas anda bem caro nas prateleiras. Daí, você vai passando e descobre que está por 50% do preço e que não são aqueles que vão vencer daí 15 minutos, não, eram iogurtes com uma validade pra daí 15 dias. O que eu fiz? Nem titubeei, enchi o carrinho e fiz um verdadeiro estoque de guerra, porque ninguém nunca sabe o dia de amanhã :)
image

Junto desse estoque de guerra, veio aquele pensamento empreendedor-saudável-pirangueiro que só a falta de dinheiro te faz ter: e se eu aproveitasse para fazer meu próprio iogurte? Com essa ideia ainda maturando na cabeça, resolvi pesquisar na internet sobre o assunto. Depois de algumas leituras, fui ali no mercado, comprei o que faltava e testei a primeira vez. O resultado? Iogurte!!! Feito por mim e com a emoção alquimista de transformar elementos. Mas faltava ainda um pouco mais de cremosidade… foi então que veio a ideia dessa receita de hoje. Quando ficou pronta e cremosa, foi a felicidade suprema :)
image

Iogurte Light Caseiro e Cremoso

Ingredientes:

1 litro de leite desnatado

1 pote de iogurte natural desnatado

2 colheres de leite em pó desnatado

image

Modo de Fazer:

1. Coloque o leite numa panela e deixe aquecer até quase ferver, mas não deixe ferver.

2. Apague o fogo, espere que ele esfrie um pouco. Ele deve ficar numa temperatura que dê para colocar o dedo e contar uns 10 segundos sem se queimar.

3. Separe uma 4 colheres desse leite numa vasilha e dissolva as 2 colheres de leite em pó desnatado nele.

4. Quando o leite da panela estiver na temperatura certa, despeje o pote de iogurte natural desnatado com soro e tudo. Mexa bem até que ele se dissolva e a mistura fique homogênea.

5. Acrescente o leite em pó dissolvido e misture bem.

6. Transfira a mistura toda para um pote com tampa ou refratário com tampa.

7. Embrulhe esse pote com panos de prato, de modo a que ele fique bem embalado.

8. Agora guarde o pote do seu iogurte num local sem corrente de vento, nem luminosidade. Eu uso o forno (desligado!!) ou o microondas. É importante que ninguém abra o local ou toque na vasilha, para não estragar o iogurte.

9. A mistura deve ficar fermentando por umas 18 horas lá dentro.

10. Passado esse prazo, está pronto seu iogurte! :) Só adoçar a seu gosto e aproveitar!

image

Dicas Pra Lamber os Dedos:

1. Esse é o jeito mais simples de fazer o iogurte, mas se você quiser, pode procurar nessas casas de produtos naturais os fermentos lácteos para preparação do iogurte também.

2. Lembre-se de guardar um pouco do iogurte para que da próxima vez você use dele na receita.

3. Essa mistura rendeu 6 potinhos com cerca de 160g, cada

4. Com o iogurte pronto, você pode usar frutas ou geleia para bater com ele e ter um iogurte frutado.

5. Pode ainda frazer o frozen yogurt delícia que eu postei outro dia :)

6. Outro uso ótimo é para fazer uma sobremesa com gelatina. Prepara a gelatina de sua preferência, bate com o iogurte e leva na geladeira para pegar consistência.

7. Gosto também de usar como molho de salada. Misturo com algumas especiarias, uma pitadinha de sal et voilà!

8. Sabia que além de gostoso, o iogurte ajuda na saciedade, na digestão e de quebra ainda ajuda na dieta?

9. Uma das vantagens de fazer seu próprio iogurte, além de brincar de alquimista e ter o orgulho de comer algo feito por você mesmo, é o fator custo-benefício. Você tem um produto mais barato e com menos conservantes.

10. Ainda dá para usar o seu iogurte em receitas de pães, bolos, panquecas… é só usar a criativade :)